Enquanto as autoridades chinesas lutam para conter o aumento das infecções por Covid-19 antes das celebrações do Ano Novo Lunar, Pequim introduziu os esfregaços anais como um novo tipo de teste de coronavírus que pode detectar o vírus com mais precisão.

O canal estatal CCTV informou que os testes são reservados para casos de alto risco, embora não pareça haver uma política coordenada para eles, com relatos de testes surpresa para alguns indivíduos.

O médico Li Tongzeng, do hospital You’an em Pequim, afirmou à CCTV que o teste retal “aumenta a taxa de detecção de pessoas infectadas” porque o coronavírus permanece mais tempo no ânus do que no trato respiratório.

Segundo a TV estatal, os testes retais não serão generalizados porque “não são práticos o suficiente”.

“Considerando que coletar swab anais não é tão conveniente quanto os de garganta, no momento apenas grupos-chave, como aqueles em quarentena, recebem ambos”, afirmou Tongzeng.

Testes em crianças e professores

Mais de mil crianças em idade escolar e professores foram testados em Pequim pelo ânus, pela garganta e pelo nariz na semana passada, além de fazer o teste de anticorpos, segundo a Bloomberg.

Os exames foram realizados após a descoberta de um caso assintomático, de acordo com autoridades locais.

Na segunda-feira (25), passageiros de um voo de Changchun (capital e maior cidade da província de Jilin) para Pequim tiveram de desembarcar após autoridades descobrirem que um pessoa de uma área considerada de alto risco para transmissão do vírus estava a bordo.

A China está disposta a tomar medidas extremas para impedir a disseminação da Covid-19 em suas fronteiras, fechando cidades inteiras ou mesmo províncias para conter surtos, colocando em quarentena os recém-chegados por longos períodos de tempo e há relatos de testes forçados . A abordagem parece ter sido amplamente bem-sucedida, no entanto, e o país mais populoso do mundo conseguiu evitar o alto número de casos e o número de mortos vistos em outras nações.

A vida em Wuhan, onde o vírus foi detectado pela primeira vez há pouco mais de um ano, está em grande parte de volta ao normal. Os casos começaram a aumentar novamente e as autoridades estão montando uma tentativa desesperada para conter os surtos e vacinar milhões antes do próximo Ano Novo Lunar, onde se espera que milhões viajem por todo o país.

Crítica

Nem todos os especialistas concordam com o uso de cotonetes anais para testar uma doença respiratória. Yang Zhanqiu, especialista em patologia da Universidade de Wuhan, disse ao China Global Times que cotonetes de nariz e garganta são os testes mais eficientes para Covid-19. “Houve casos relativos ao teste de coronavírus positivo nos excrementos de um paciente, mas nenhuma evidência sugeriu que tenha sido transmitido através do sistema digestivo”, disse Yang.

Fonte: G1

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Saber é Saúde
Ter saber é ter saúde.