Os coágulos sanguíneos são um efeito colateral extremamente raro, mas sério , da vacina COVID-19 da AstraZeneca, anunciaram os reguladores na quarta-feira.

Os benefícios da vacina da AstraZeneca ainda superam os riscos, disse a Agência Europeia de Medicamentos (EMA) em um comunicado à imprensa . Ainda assim, o comitê de segurança da agência disse que é importante conhecer os sinais de um possível coágulo.

Um coágulo sanguíneo ocorre quando o sangue engrossa e forma uma massa semissólida. Pode ser uma resposta útil para parar o sangramento em caso de lesão, mas esses bloqueios podem causar problemas se cortarem o fluxo sanguíneo para uma área vital.

Os coágulos sanguíneos podem causar bloqueios nas pernas, abdômen e pulmões. A maioria dos coágulos sanguíneos associados à vacina AstraZeneca ocorreu nas veias do cérebro das pessoas.

Esses coágulos, conhecidos como trombose do seio venoso cerebral (TSCV), podem causar derrame, convulsões e morte.

Até agora, a maioria dos coágulos relatados ocorreu em mulheres com menos de 60 anos de idade nas duas semanas após a vacinação.

Como os jovens são mais propensos a sentir esse efeito colateral, os reguladores da vacina do Reino Unido recomendam que pessoas com menos de 30 anos não tomem a injeção AstraZeneca a menos que já tenham recebido sua primeira dose.

Os sintomas do coágulo sanguíneo incluem falta de ar e dores de cabeça

A EMA disse que os pacientes que receberam a vacina AstraZeneca devem procurar assistência médica imediatamente se apresentarem os seguintes sintomas:

• falta de ar
• dor no peito
• inchaço na perna
• dor abdominal persistente (barriga)
• sintomas neurológicos, incluindo dores de cabeça graves e persistentes ou visão turva

Alguns efeitos colaterais leves , como dor no local da injeção ou outras dores no corpo, são comuns nos dias após a vacina.

Mas se você apresentar sintomas graves ou persistentes em torno de quatro a 20 dias após a vacinação, deve procurar atendimento médico, de acordo com a Organização Mundial de Saúde .

Os coágulos sanguíneos são geralmente tratados com medicamentos anticoagulantes. As complicações podem ser evitadas se o coágulo for detectado precocemente.

Este artigo foi publicado originalmente pelo Business Insider .

 

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Saber é Saúde
Ter saber é ter saúde.