A equipe médica que estava realizando uma colonoscopia neste homem de 59 anos, de todas as coisas que poderiam ter encontrado dentro do intestino do homem, nunca teria imaginado que teria encontrado um hospedeiro vivo lá dentro, uma joaninha.

Embora a descoberta possa ter sido uma anedota engraçada, ele acabou abrindo um estudo no ACG Case Reports Journal , para descobrir como a joaninha pode ter chegado ao intestino totalmente intacta e viva.

61096c2f708d7 - Um homem descobre que tem uma joaninha vivendo em seu intestino após uma colonoscopia
A descoberta acabou abrindo um estudo no ACG Case Reports Journal ACG Case Reports Journal

Por meio da colonoscopia, os médicos podem detectar indícios de muitas doenças, e para realizá-la é importante que o paciente jejue até o término do procedimento e faça a purga para que o intestino esteja o mais limpo possível na hora da realização.

Essa descoberta abre duas questões para os pesquisadores: como isso foi parar lá? E como poderia sobreviver dentro do corpo humano? A primeira hipótese sugere que a joaninha provavelmente escorregou enquanto o homem dormia.

ladybugs 1593406 640 - Um homem descobre que tem uma joaninha vivendo em seu intestino após uma colonoscopia

Enquanto a dúvida de como ele conseguiu sobreviver dentro do corpo humano, chegando a um estágio tão tardio do processo digestivo com aspecto tão fresco, provavelmente se deva à jornada acelerada pelo intestino, facilitada por uma substância viscosa que induz às fezes.

“Sua preparação para a colonoscopia pode ter ajudado o inseto a escapar das enzimas digestivas no estômago e no intestino delgado superior”, explicaram os pesquisadores no estudo.

Embora seja altamente improvável que um inseto vivo entre em nosso corpo para chegar aos intestinos, o caso da joaninha não é um evento isolado. Estudos anteriores mostram que até mesmo baratas vivas foram encontradas durante colonoscopias.

Fonte: ABC-Recreio

RECOMENDAMOS



COMENTÁRIOS




Revista Saber é Saúde
Ter saber é ter saúde.